AJUDE ESSA OBRA


ORAÇÕES DE PENTECOSTES



Sequência de Pentecostes – para o dia de Pentecostes
Vinde, Espírito Santo e enviai do céu um raio de Vossa luz.
Vinde, Pai dos pobres, vinde, distribuidor dos bens, vinde luz dos corações.
Consolador ótimo, doce hóspede das almas e suave refrigério.
Nos trabalhos sois o repouso, no calor o frescor, nas lágrimas a consolação.
Ó luz beatíssima, inflamai o íntimo dos corações dos Vossos fiéis.
Sem a Vossa graça nada há no homem, nada de inocente.
Lavai o que é sórdido, regai o que é seco, sarai quem está ferido.
Dobrai o que é duro, abrasai o que é frio e reconduzi o desviado.
Concedei aos Vossos servos, que em Vós confiam, os sete dons sagrados.
Dai-lhes o mérito das virtudes, o êxito da salvação e a alegria perene. Amém.
Ó Espírito Santíssimo, fogo sagrado que alumiais as almas e abrasais os corações: por misericórdia Vossa, Senhor, a nossa pobre alma Vos deseja, invoca-Vos e Vos procura para que a purifiqueis das suas manchas, para que a ilumineis nas suas trevas e lhe comuniqueis os Vossos dons.  Sim, dignai-Vos consagrar a nossa alma com a unção da Vossa graça, para que ela se converta em templo Vosso.  Purificai a nossa memória, para que ela sempre recorde os Vossos benefícios; ilustrai o nosso entendimento, para que saiba meditar a Vossa lei; inflamai a nossa vontade, para que ela, respeitosa e dócil, se submeta em tudo à Vossa vontade.  E visto que somos tão miseráveis, purificai todos os afetos do nosso coração, para que ele se torne digno dos Vossos dons.

Jaculatórias
1° Vinde, Divino Espírito,
Vinde, ó dom da ciência,
Dispor-me para que seja
Digno de Vossa assistência.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.  
2° Vinde Divino Espírito,
Vinde, dom de piedade
Nesta divina virtude
Inflamai a minha vontade.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.
3° Vinde, Divino Espírito,
Dar-me um santo temor,
Para que a toda a culpa
Tenha minha alma horror.
Pai Nosso, Ave Maria, Glória ao Pai.

Oração para alcançar os sete dons do Espírito Santo


Vinde, Espírito Santo, enchei os corações de vossos fiéis e acendei neles o fogo de vosso amor!

Ó Espírito Santo, concedei-me o dom do temor de Deus, para que eu sempre me lembre, com suma reverência e profundo respeito, da vossa divina presença; trema, como os mesmos anjos, diante de vossa divina majestade, e nada receie tanto como desagradar aos vossos santos olhos.

Ave-Maria.

Espírito Santo, concedei-me o dom de piedade, que me tornará delicioso o trato e o colóquio convosco na oração e me fará amar a Deus com íntimo amor, como a meu Pai, a Maria Santíssima como a minha Mãe e a todos os homens como a meus irmãos em Jesus Cristo.

Ave-Maria.

Espírito Santo, concedei-me o dom da ciência, para que eu conheça cada vez mais as minhas próprias misérias e fraquezas, a beleza da virtude e o valor inestimável da alma; e para sempre veja claramente as ciladas do demônio, da carne e do mundo, a fim de poder evitá-las.

Ave-Maria.

Espírito Santo, concedei-me o dom da fortaleza, para que eu despreze todo respeito humano, fuja do pecado, pratique a virtude com santo fervor e afronte com paciência, e mesmo com alegria de espírito, os desprezos, prejuízos, perseguições e a própria morte antes que renegar por palavras e por obras ao meu amabilíssimo Senhor Jesus Cristo.

Ave-Maria.

Espírito Santo, concedei-me o dom do conselho, tão necessário em tantos passos melindrosos da vida, para que sempre escolha o que mais vos agrade, siga em tudo a vossa divina graça e com bons e carinhosos conselhos socorra ao próximo.

Ave-Maria.

Espírito Santo, concedei-me o dom da inteligência, para que eu, alumiado pela luz celeste de vossa graça, bem entenda as sublimes verdades da salvação, a doutrina da santa religião.

Ave-Maria.

Espírito Santo, concedei-me o dom da sabedoria, a fim de que eu, cada vez mais, goste das coisas divinas e, abrasado no fogo do vosso amor, prefira com alegria as coisas do céu a tudo que é mundano e me una para sempre a Jesus, sofrendo tudo neste mundo por seu amor.

Ave-Maria.


Vinde, Espírito Criador, visitai-me e enchei o meu coração que vós criastes, com a vossa divina graça. Vinde e repousai sobre mim, Espírito de sabedoria e inteligência, Espírito de conselho e fortaleza, Espírito de ciência, de piedade e de temor de Deus. Vinde, Espírito divino, ficai comigo e derramai sobre mim a vossa divina bênção. Amém.




Hino “Veni Creator”
Português
Latim
Veni Creator Spiritus
Veni, Creator Spiritus

Vinde, Espírito Criador,
visitai as almas dos Vossos,
enchei de graça celestial,
os corações que criastes.

Sois o Divino Consolador,
o dom do Deus Altíssimo,
fonte viva, o fogo, a caridade,
a unção dos espirituais.

Com os Vossos sete dons,
sois o dedo da direita de Deus,
Solene promessa do Pai,
Inspirando nossas palavras.

Acendei a luz nos sentidos;
insuflai o amor nos corações,
amparai na constante virtude
a nossa carne enfraquecida.

Afastai para longe o inimigo,
Trazei-nos prontamente a paz;
Assim guiados por Vós
Evitaremos todo o mal.

Por Vós explicar-se-á o Pai,

E conheceremos o Filho;
Dai-nos crer sempre em Vós
Espírito do Pai e do Filho.

Glória ao Pai, Senhor,

Ao Filho que ressuscitou
Assim como ao Consolador.
Por todos os séculos. Amém.

V/ Enviai, Senhor, o vosso espírito e tudo será criado.
R/ E renovareis a face da terra.

Ó Deus, que ilustrastes os corações dos fiéis com as luzes do Espírito Santo, dai-nos, pelo mesmo Espírito, procurar o que é reto, e nos alegrarmos sempre com a sua consolação. Por Jesus Cristo Nosso Senhor. Amém.

Veni, creátor Spíritus,
mentes tuòrum vísita,
imple supérna grátia,
quæ tu creásti péctora.


Qui díceris Paráclitus,
altíssimi donum Dei,
fons vivus, ignis, cáritas,
et spiritális únctio.


Tu septifòrmis múnere,
dígitus patérnæ déxteræ,
tu rite promíssum Patris,
sermóne ditans gúttura.


Accénde lumen sénsibus,
infúnde amórem córdibus,
infírma nostri córporis
virtúte firmans pérpeti.


Hostem repéllas lóngius
pacémque dones prótinus;
ductóre sic te prævio
vitémus omne nóxium.


Per Te sciámus da Patrem
noscámus atque Fílium,
teque utriúsque Spíritum
credámus omni témpore.


Deo Patri sit glória,
et Fílio, qui a mórtuis
surréxit, ac Parác1ito,
in sæculórum sǽcula. Amen.

V/ Emítte Spíritum tuum, et creabúntur.
R/ Et renovábis fáciem terrae.
Oremus: Deus qui corda fidélium Sancti Spíritus illustratióne docuísti: da nobis in eódem Spíritu recta sápere; et de ejus semper consolatióne gaudére. Per Christum dominum nostrum. Amém


ATO DE CONSAGRAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO
Prostrado, ante a grande multidão de testemunhas celestes, eu ofereço minha alma e meu corpo a vós, Eterno Espírito de Deus. Adoro o brilho da vossa pureza, a absoluta perfeição da vossa justiça e o poder do vosso amor. Vós sois o poder e a luz de minha alma. Em vós eu vivo, movo-me e existo. Desejo nunca vos ofender por infidelidade à graça e peço com todo o meu coração que me mantenhais livre mesmo do menor pecado contra vós. Protegei misericordiosamente todo o meu pensamento e concedei que eu sempre busque a vossa luz, e escute a vossa voz, e siga as vossas inspirações cheias de graça. Agarro-me a vós e vos peço, pela vossa compaixão, que me protejais na minha fraqueza. Segurando os pés traspassados de Jesus e olhando para suas cinco chagas, confiando em seu Sangue Precioso e adorando seu lado aberto e seu coração ferido, eu vos imploro, adorável Espírito que ajudais na minha enfermidade, que me mantenhais em vossa graça e que eu nunca peque contra vós. Dai-me graça, ó Espírito Santo, Espírito do Pai e do Filho, para dizer-vos sempre e em toda parte “Falai, Senhor; vosso servo escuta!" Amém.


Comentários